-  00:20h
       
ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
20 Abril 2017 ás 07:58
LUZ NO FIM DO TUNEL
Emprego doméstico volta a crescer em São Paulo

Autor: Interessante News com Terra | Crédito (foto):



Após três anos com redução, a parcela de trabalhadoras domésticas no total de mulheres ocupadas voltou a crescer em São Paulo. Em 2016, a criação de ocupações nos serviços domésticos aumentou 3,4%, o que alterou a parcela de trabalhadoras nesse segmento, que cresceu de 13,1%, em 2015, para 14,1%, em 2016.
Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) na região metropolitana de São Paulo, feita anualmente pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Em 2015 as mensalistas com carteira assinada representavam a maior proporção dessas trabalhadoras (42,8%), mas em 2016 a posição passou a ser ocupada pelas diaristas (43%). Já a parcela de mensalistas sem carteira ficou relativamente estável, ao passar de 17,7%, em 2015, para 17,6%, em 2016.

O levantamento mostra também que aumentou o percentual de diaristas com carteira de trabalho assinada e diminuiu o de mensalistas. Em 2015, as mensalistas com carteira assinada representavam a maior proporção dessas trabalhadoras (42,8%).  Mas, em 2016, a situação se inverteu, e as diaristas passaram a ser maioria (43%).

Já a parcela de mensalistas sem carteira assinada em 2016 ficou relativamente estável com 17,6%. No ano de 2015 a proporção foi 17,7%.

Outro dado da pesquisa revela que, após 11 anos com expansão, diminuiu o rendimento médio real por hora das mensalistas com carteira e das diaristas. De 2015 para 2016, houve redução de 8,3% para as mensalistas com carteira assinada, que passaram a receber, em média, R$ 7,43 por hora e de 4% entre as diaristas, cuja remuneração média passou a ser de R$ 10,26 por hora.

Segundo o levantamento, 86,2% das mensalistas sem carteira assinada não contribuíram para a Previdência Social no ano passado. Entre as diaristas, 76,7% delas não contribuíam para a Previdência, em 2016.

Ocupação tipicamente feminina

As mulheres correspondiam a pouco menos da metade (46,1%) do total de ocupados na região metropolitana de São Paulo em 2016, mas representavam quase a totalidade dos trabalhadores domésticos (96,9%), realizando, principalmente, atividades de serviços gerais, contratadas com ou sem carteira de trabalho assinada, ou trabalhando como diaristas. Ocupações cuidadora de idosos, que demandam alguma especialização e maior remuneração, ainda constituem uma pequena parcela do segmento.

 



0 Comentário(s):


AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do INTERESSANTE NEWS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. INTERESSANTE NEWS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  VEJA MAIS...
EUBIOSE
A Administraçao da SBE de NX comunica que as palestras para os interessados será todos os sábados, a partir deste dia 22, às 19 horas, no prédio da Biblioteca HJS, próximo à Prefeitura.
AQUI & AGORA
Trazida pelo vice prefeito Ney Welinton, empresa do setor madeireiro se instala em Nova Xavantina
CONFRESA
Polícia Civil incinera 57 quilos de entorpecentes e 2.600 cigarros
ALTO ARAGUAIA
Quase meia tonelada de cocaína é apreendida na região de Alto Araguaia
RIBEIRãO CASCALHEIRA
Operação apreende couro de onça, fuzil, munições e mais 13 armas de fogo
ÁGUA BOA
Corpo encontrado carbonizado em sítio no PA Jaraguá
PARANATINGA
Trabalhador rural tem mais de 80% do corpo queimado dentro de fazenda
NOVA MUTUM
Posto de Combustível é Assaltado
© Interessante News - 2017 - Todos Direitos Reservados