-  00:21h
       
ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
20 Abril 2017 ás 08:02
POLÍTICA ECONÔMICA
Brasil quer ampliar participação dos serviços na exportação

Autor: Interessante News | Crédito (foto):



O Brasil espera ampliar, nas próximas décadas, a participação do setor de serviços na exportação, segundo Marcelo Maia, secretário do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Segundo último levantamento do Banco Central, de 2015, os serviços responderam por 1,91% das exportações brasileiras e 4% das importações.

O resultado é discrepante se comparado à participação dos serviços no mercado interno, em que setor respondeu por 71% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. O tema foi debatido durante o 8o Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços (EnaServ), realizado na sede da Fecomercio-SP, na capital paulista.
Segundo o MDIC, o serviço registrou queda de 15,5% nas exportações entre 2014 e 2015, ocupando a 32ª posição entre os maiores exportadores. Quanto à importação de serviços, o Brasil, no período entre 2010 e 2015, avançou 19,2%, percentual inferior à média mundial, que foi de 24,9%.

Segundo Marcelo Maia, o ministério estimula empresas brasileiras dos setores de arquitetura, design, audiovisual, games, publicidade e propaganda, engenharia, comércio eletrônico, entre outros. O secretário explica que os serviços geram empregos mais qualificados, além de agregação de valor e sofisticação aos bens agrícolas e industriais.

“A secretaria tem se empenhado em colocar políticas que impulsionem os serviços, as relações trabalhistas. Avançamos nas discussões da terceirização, do trabalho intermitente”, disse ele. “Internamente, os serviços têm um peso substancial, de cerca de 70% do PIB, mas estamos aquém do potencial do país no exterior”, completou.

Estatísticas do Siscoserv, sistema informatizado do MDIC, informam que os principais países, atualmente, para onde o Brasil exporta serviços são Estados Unidos, Holanda, Suíça, Alemanha, Japão e Reino Unido. Os Estados Unidos, por exemplo, utilizaram serviços de relações públicas, comunicação, e serviços profissionais e técnicos.
O presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil, José Augusto de Castro, lamentou que a participação dos serviços no comércio exterior seja pequena. Para ele, exportar serviço significa exportar inteligência, característica de países desenvolvidos.

O superintendente da área de comércio exterior do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Leonardo Pereira Rodrigues, disse que a instituição financia empresas de engenharia de construção, medicina, games e engenharia consultiva e que há potencial de evolução. “As exportações em serviços são altamente qualificadas e não tem perdas”, disse.

DA AG BRASIL 



0 Comentário(s):


AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do INTERESSANTE NEWS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. INTERESSANTE NEWS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  VEJA MAIS...
EUBIOSE
A Administraçao da SBE de NX comunica que as palestras para os interessados será todos os sábados, a partir deste dia 22, às 19 horas, no prédio da Biblioteca HJS, próximo à Prefeitura.
AQUI & AGORA
Trazida pelo vice prefeito Ney Welinton, empresa do setor madeireiro se instala em Nova Xavantina
CONFRESA
Polícia Civil incinera 57 quilos de entorpecentes e 2.600 cigarros
ALTO ARAGUAIA
Quase meia tonelada de cocaína é apreendida na região de Alto Araguaia
RIBEIRãO CASCALHEIRA
Operação apreende couro de onça, fuzil, munições e mais 13 armas de fogo
ÁGUA BOA
Corpo encontrado carbonizado em sítio no PA Jaraguá
PARANATINGA
Trabalhador rural tem mais de 80% do corpo queimado dentro de fazenda
NOVA MUTUM
Posto de Combustível é Assaltado
© Interessante News - 2017 - Todos Direitos Reservados